sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Quase 2010

Oi Gente :)

Quero agradecer à todos que lêem, seguem e dão sugestões pro meu blog. Agradeço por comentarem sobre ele comigo já que não tem acesso a comentários nos posts.
 Obrigada pelas amizades verdadeiras que me foram dadas e mantidas em 2009.
Ótimo 2010 pra tds nós, muito sucesso e sonhos realizados.

BeijãOOOO
Em 2010 eu QUERO SUA RISADA MAIS GOSTOSA ;D


terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Feliz Natal e Próspero 2010


Jesus, que neste Natal, Seu olhar de luz penetre nossa alma, como a brisa morna da primavera, e acorde a esperança adormecida sob as folhas secas das ilusões, dos medos, da indiferença, do desespero...




Que Seu perfume, suave como a ternura, envolva todo o nosso ser, confortando-nos e despertando a alegria que jaz esquecida por trás das lamúrias e distrações do caminho...



Que o bálsamo do Seu amor acalme as nossas dores, silencie as nossas queixas, socorra a nossa falta de fé.



Que, neste Natal, o calor da Sua bondade se derrame sobre o nosso Espírito e derreta o gelo milenar do egoísmo que nos infelicita e faz infelizes nossos semelhantes...



Que Seu coração generoso afine as cordas da harpa viva que vibra em nossa intimidade, e possamos cantar e dançar, até que o preconceito fuja, envergonhado, e não mais faça morada em nós...



Que o Seu canto de paz seja ouvido por todos os povos, do Oriente e do Ocidente, e as guerras nunca mais sejam possíveis entre a raça humana...



Que, neste Natal, Suas mãos invisíveis e firmes sustentem as nossas, e nos arranquem dos precipícios dos vícios, da ira, dos ódios que tanto nos infelicitam...



Que a água cristalina da Sua misericórdia percorra nossa alma e remova o lodo do ciúme, da inveja, do desejo de vingança, e de tantos outros vermes que nos corroem e nos matam lentamente...



Que o bisturi do Seu afeto extirpe a mágoa que se aloja em nosso íntimo e nos turva as vistas, impedindo-nos de ver as flores ao longo do caminho...



Que, neste Natal, a pureza da Sua amizade faça com que possamos ver apenas as virtudes dos nossos amigos, e os abracemos sem receio, sem defesas, sem prevenções...



Que Seu canto de liberdade ecoe em nós, para que sejamos livres como as falenas que brincam na brisa morna, penetrada pela suavidade da luz solar...



Que o sopro da Sua fé nos impulsione na direção das estrelas que cintilam no firmamento, onde não mais se ouvem gemidos de dor, e onde a felicidade plena já é realidade.



Ensine-nos, Jesus, a amar, a fazer desabrochar em nossa alma esse sol interior que nos fará luz por inteiro...



Ajude-nos a desenvolver o gosto pelo conhecimento, para que possamos encontrar a verdade que nos libertará da ignorância pertinaz...



E, por fim, Jesus, que neste Natal cada ser humano possa sentir a Sua presença sábia e amiga, convidando a todos a uma vida mais feliz...



Tão feliz que Sua mensagem não mais seja um tímido eco repercutindo em almas vacilantes, mas que seja uma grande melodia que vibra o amor em todos os cantos da Terra...
 
Que 2010 seja o melhor ano da vida de todos nós que acreditamos no amor. Beijos

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Hipopótamo eTartaruga- Lição de vida

NAIROBI (AFP) - Um hipopótamo bebê que sobreviveu ao tsunami, na costa do Kenya, formou uma forte
amizade com uma gigantesca tartaruga de quase um século de vida.






O hipopótamo, apelidado de Owen pelos guarda-florestais, e pesando aproximadamente 300 quilogramas, foi trazido pelo tsunami, de Sabaki, Rio no Oceano Índico, em 26 de dezembro.





' É incrível. O hippo com 1 ano de idade, adotou uma tartaruga com quase 1 século de vida, e a tartaruga parece estar muito contente em ser uma ' mother', ' disse o ecólogo Paulo Kahumbu, que toma conta de Parque de Lafarge-AFP.





' Depois que foi trazido e tendo perdido a sua mãe, o hippo ficou traumatizado. Teve que procurar algo para substituir a sua mãe. Felizmente, pousou na tartaruga e estabeleceu um laço forte. Eles nadam, comem e dormem junto, ' disse o ecólogo.



' O hippo segue a tartaruga exatamente como se fosse a sua mãe. Se alguém chegar perto da tartaruga, o hippo fica agressivo, como se protegendo a sua mãe biológica, ' disse Kahumbu.





' O hippo é um bebê jovem, ele está numa idade muito tenra e por natureza, os hippos são animais sociais que gostam de ficar com as mães durante quatro anos, ' ele explicou.






' A vida não é medida pelo número de respirações que damos, mas pelos momentos que tomam a nossa respiração. Esta é uma história real, um espetáculo, mostrando que não importa as nossas diferenças,
quando precisamos do conforto um do outro.



Nós aprendemos uma lição destas duas criaturas de Deus:
' OLHAR ALÉM DAS DIFERENÇAS E ACHAR UM MODO PARA CAMINHAREM JUNTOS '



Não importa o quanto diferente alguem possa parecer, mas lembre, pode ser este amigo que voce está precisando.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Viver do Passado





"Viver do passado é cultivar espinhos,


é sofrer dobrado, é não enterrar os mortos,

viver em luto permanente,

morrendo também um pouco a cada dia,

é andar por caminhos tortos.

Viver de recordações, sejam alegres ou tristes,

é olhar para o jardim e ver as flores murchas,

clamando por água e cuidados, e nada fazer,

é um descuidar-se da vida, um suicídio lento,

que leva ao desamor e a auto-piedade,

forma horrível de se menosprezar,

um jeito de não se amar...

Viver de sonhos desfeitos e arrumar culpados,

é uma forma de escapar

das nossas responsabilidades,

se esconder nas fraquezas,

se perder no medo,

medo de vencer,

medo de conquistar e perceber,

que em cada um de nós,

existem forças maiores,

luzes que nos transformam

de vencidos em vencedores.

A vida é um risco constante,

nada é certo ou calculado,

quando assumimos o risco de viver, de lutar,

de amar de novo,

estamos sujeitos ao fracasso, ao erro,

e sempre que algo dá errado, é a vida mostrando;

que não planejamos,

que acreditamos demais,

que fechamos os olhos para a verdade,

que esquecemos de valorizar alguma coisa,

e quase sempre, o que esquecemos,

o que deixamos de levar em conta,

é o mais importante, nós mesmos.



Valorize-se e viva com intensidade"
Paulo Roberto Gaefke


terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Caminhando pro desconhecido


"Jamais conseguiremos ser diferentes daquilo que no fundo somos. O difícil é descobrir e ser aquilo que no fundo, somos."

sábado, 28 de novembro de 2009

CVV

Centro de valorização da vida

Você nem imagina o que uma conversa pode fazer pela sua vida.

O CVV é um serviço voluntário de apoio emocional gratuito. Ele funciona 24 hrs por dia e você pode falar sobre o que está sentindo. O atendimento é sigiloso.

Ligue 141 ou acesse http://www.cvc.org.br/ para conversar pelo chat ou enviar e-mail.

Como
Vai
Você?

domingo, 22 de novembro de 2009

Primavera no Japão

Na Primavera (em maio) em alguns parques do Japão, na província de Hokkaido e Saitama, florescem essas lindas flores do tipo sakura (cerejeiras) todo em pink, formando um tapete rosa, e criando uma paisagem deslumbrante.








Incrível

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Exagerado



Amor da minha vida


Daqui até a eternidade

Nossos destinos foram traçados

Na maternidade



Paixão cruel, desenfreada

Te trago mil rosas roubadas

Pra desculpar minhas mentiras

Minhas mancadas



Exagerado

Jogado aos teus pés

Eu sou mesmo exagerado

Adoro um amor inventado



Eu nunca mais vou respirar

Se você não me notar

Eu posso até morrer de fome

Se você não me amar



Por você eu largo tudo

Vou mendigar, roubar, matar

Até nas coisas mais banais

Pra mim é tudo ou nunca mais



Exagerado

Jogado aos teus pés

Eu sou mesmo exagerado

Adoro um amor inventado



Que por você eu largo tudo

Carreira, dinheiro, canudo

Até nas coisas mais banais

Pra mim é tudo ou nunca mais

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

AMIGOS PARA SEMPRE ...


Depois de perder os pais, esse orangotango de três anos de idade estava

tão deprimido que se recusava a comer e não respondia muito bem aos tratamentos e remédios. Os veterinários achavam que ele iria se entregar

à morte. O velho cão foi encontrado perdido nos arredores do zoológico,

e quando levado para dentro da sala de tratamento, se encontrou com o orangotango, e os dois se tornaram amigos inseparáveis desde então.


O orangotango encontrou uma nova razão para viver e se esforça ao máximo para


fazer seu novo amigo acompanhá-lo em suas atividades.


Eles vivem no norte da California e a natação é o esporte


favorito de ambos, embora Roscoe (o orangotango) ainda tenha

um pouco de medo da água e precise da ajuda do amigo para atravessar a nado.


Eles passam o tempo todo juntos e podemos ver, pelos sorrisos e risadas, o quanto são felizes.



Juntos descobriram o lado engraçado da vida e o valor da amizade.



Encontraram mais do que um ombro amigo para debruçar...


E viva a AMIZADE!!!

sábado, 24 de outubro de 2009

Carlos Drummond de Andrade

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR







"Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.



Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR."

quinta-feira, 22 de outubro de 2009




Sozinho, meu pensamento focaliza em alguém. Deixo-o livre, e de repente meu coração aperta. Mas não estou triste, pelo contrário, deixo escapar um sorriso. Comer não me parece tão importante, agora me sinto alimentado por outra coisa. Acordo sempre com os mesmos pensamentos, e os mesmos me impulsionam a ter um grande dia. Quando te vejo sinto coisas estranhas, mas boas. Quando falo com você minha cabeça pensa direito, mas minhas palavras saem embaralhadas, e minhas mãos ficam suando. Meu pensamento focaliza alguém, esse alguém é você. é, estou amando.


Bob Marley

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Sobre o amor e o amar

O que é o amor?




Um esposo foi visitar um sábio conselheiro e disse-lhe que já não amava sua esposa e que pensava em separar-se.

O sábio escutou-o, olhou-o nos olhos e disse-lhe apenas uma palavra:

- Ame-a. E logo se calou.



- Mas, já não sinto nada por ela!



- Ame-a, disse-lhe novamente o sábio.



E diante do desconcerto do senhor, depois de um breve silêncio, disse-lhe o seguinte:

"Amar é uma decisão, não um sentimento. Amar é dedicação e entrega.

Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor.

O amor é um exercício de jardinagem. Arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, regue e cuide.

Esteja preparado porque haverão pragas, secas ou excessos de chuvas mas nem por isso abandone o seu jardim.

Ame seu par, ou seja, aceite-o, valorize-o, respeite-o, dê afeto e ternura, admire e compreenda-o.

Isso é tudo.

AME!!! "

Autor desconhecido

domingo, 18 de outubro de 2009

quarta-feira, 14 de outubro de 2009



Amorrrrr:
"Eu não estava mentindo! Estava escrevendo ficção com a boca."




Homer J. Simpson

quinta-feira, 1 de outubro de 2009


Nestes meus 22 anos o que eu quero?

"Todo amor que houver nesta vida e algum trocado pra dar garantia"

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

PACIÊNCIA


(Arnaldo Jabor)



Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados. .

Muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.

Por muito pouco a madame que parece uma 'lady' solta palavrões e berros que lembram as antigas 'trabalhadoras do cais'..

E o bem comportado executivo? O 'cavalheiro' se transforma numa 'besta selvagem' no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar...

Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma 'mala sem alça'. Aquela velha amiga uma 'alça sem mala', o emprego uma tortura, a escola uma chatice.

O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela.

Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado...

Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais.

Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus.

A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta.

Pergunte para alguém, que você saiba que é 'ansioso demais' onde ele quer chegar?

Qual é a finalidade de sua vida?

Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.

E você?

Onde você quer chegar?

Está correndo tanto para quê?

Por quem?

Seu coração vai agüentar?

Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?

A empresa que você trabalha vai acabar?

As pessoas que você ama vão parar?

Será que você conseguiu ler até aqui?

Respire... Acalme-se...

O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência...

NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...


SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...



O Destino decide quem Você encontra na vida... Suas atitudes decidem quem fica...


TENHA UM ÓTIMO DIA E COM BASTANTE PACIÊNCIA... A VIDA ESPERA.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009











Quando uma porta da felicidade se fecha, outra se abre. Infelizmente, às vezes passamos tanto tempo contemplando a porta fechada que não percebemos a que acaba de se abrir.




Helen Keller

segunda-feira, 14 de setembro de 2009



Deus me enviou à terra com uma missão. Só Ele pode me deter, os homens nunca poderão.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Pablo Neruda

"Morre lentamente quem não viaja, quem não lê,


quem não ouve música,

quem não encontra graça em si mesmo.



Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio,

quem não se deixa ajudar,

morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito,

repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca,

não se arrisca a vestir uma nova cor

ou não conversa com quem não conhece.



Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.



Morre lentamente quem evita uma paixão,

quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os "is" em detrimento de um redemoínho de emoções,

justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.



Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho,

quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho,

quem não se permite pelo menos uma vez na vida a fugir dos conselhos sensatos.



Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante...

Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo,

não pergunta sobre um assunto que desconhece

ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples fato de respirar.

Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio pleno de felicidade"

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Superação


Superação é poder fazer acontecer com as ferramentas que temos em mãos.


Superação é trabalhar da melhor forma possível independente do que pensem ou falem.

Superação é irmos além do que os outros acham que somos capazes.

O que você fez para se superar no dia de hoje, ontem, semana passada..

Ainda dá tempo para começar..

Se supere..

SEMPRE..

Aposte com você mesmo, que hoje poderá vir a ser muito melhor que ontem..





'O otimismo na dificuldade, reduz o mal pela metade.'

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Felicidade

Passamos a Vida em Busca da Felicidade.

Procurando o tesouro escondido.

Corremos de um lado para o outro esperando descobrir a chave da felicidade.

Esperamos que tudo que nos preocupa se resolva num passe de mágica.E achamos que a vida seria tão diferente, se pelo menos fôssemos felizes.

E, assim, uns fogem de casa para serem felizes e outros fogem para casa para serem felizes.

Uns se casam para serem felizes e outros se divorciam para serem felizes.

Uns fazem viagens caríssimas para serem felizes e outros trabalham além do normal para serem felizes. Uma busca infinita. Anos desperdiçados.

Nunca a lua está ao alcance da mão, nunca o fruto está maduro, nunca o vinho está no ponto.Sombras, lágrimas.

Nunca estamos satisfeitos.Mas, há uma forma melhor de viver!

A partir do momento em que decidimos ser felizes, nossa busca da felicidade chegou ao fim.

É que percebemos que a felicidade não está na riqueza material, na casa nova, no carro novo, naquela carreira, naquela pessoa. E jamais está à venda.

Quando não conseguimos achar satisfação dentro de nós para ter alegria, estamos fadados à decepção.

A felicidade não tem nada a ver com conseguir.

Consiste em satisfazer-nos com o que temos e com o que não temos.

Poucas coisas são necessárias para fazer feliz o homem sábio, ao mesmo tempo tem que nenhuma fortuna satisfaria a um inconformado.As necessidades de cada um de nós são poucas.

Enquanto nós tivermos alguma coisa a fazer, alguém a amar, alguma coisa a esperar, seremos felizes.

Saiba: A única fonte de felicidade está dentro de você, e deve ser repartida.

Repartir suas alegrias é como espalhar perfumes sobre os outros: sempre algumas gotas acabam caindo sobrevocê mesmo.

Se chover, seja feliz com a chuva que molha os campos, varre as ruas e limpa a atmosfera.

Se fizer sol, aproveite o calor.

Se houver flores em seu jardim, aproveite o perfume.

Se tudo estiver seco, aproveite para colocar as mãos na terra, plantar sementes e aguardar a floração.

"O TEMPO É MUITO LENTO PARA OS QUE ESPERAM.

MUITO RÁPIDO PARA OS QUE TÊM MEDO .

MUITO LONGO PARA OS QUE LAMENTAM.

MUITO CURTO PARA OS QUE FESTEJAM MAS PARA OS QUE AMAM,O TEMPO É ETERNIDADE."

domingo, 23 de agosto de 2009

Pussycat Dolls Hush Hush

. . . Because I don't want to stay another minute I don't want you to say a single word Hush, hush Hush, hush There is no other way I get the final say

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Princípio do vazio

"Tens o hábito de juntar objetos inúteis neste momento, crendo que um dia (não sabes quando) poderás precisar deles.
Tens o hábito de juntar dinheiro só para não o gastar, pois pensas que no futuro poderá fazer falta.
Tens o hábito de guardar roupa, brinquedos, sapatos, movéis, utensílios domésticos e outras coisas que já não usas há bastante tempo.
Tens o hábito de guardar o que sentes, broncas, ressentimentos, tristezas, medos, pessoas, etc.
…E dentro de ti ?…

Não faças isso! É anti-prosperidade. É preciso criar um espaço, um vazio, para que as coisas novas cheguem à tua vida. É preciso eliminar o que é inútil em ti e na tua vida, para que a prosperidade venha. É a força desse vazio que absorverá e atrairá tudo o que tu desejas. Enquanto estiveres material ou emocionalmente carregado de coisas velhas e inúteis, não haverá espaço aberto para novas oportunidades. Os bens precisam de circular… Limpa as gavetas, os armários, o teu quarto, a garagem. Dá o que tu já não usas. A atitude de guardar um montão de coisas inúteis amarra a tua vida. Não são os objetos guardados que param a tua vida, mas o significado da atitude de guardar. Quando se guarda, considera-se a possibilidade de falta,de carência. É acreditar que amanhã poderá faltar e tu não terás meios de prover às tuas necessidades. Com essa postura, tu estás a enviar duas mensagens para o teu cérebro e para a tua vida: 1º… tu não confias no amanhã 2º… tu crês que o novo e o melhor NÃO são para ti, já que te alegras com guardar coisas velhas e inúteis."
Joseph Newton

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Aproveitar

"...Às vezes dá vontade de fazer tudo 'errado'. Deixar de lado a régua, o compasso, a bússola, a balança e os 10 mandamentos. Ser ridícula, inadequada, incoerente e não estar nem aí pro que dizem e o que pensam a nosso respeito. Recusar prazeres incompletos e meias porções. Até Santo Agostinho, que foi santo, uma vez se rebelou .... " >Nós, que não aspiramos à santidade e estamos aqui de passagem, podemos (devemos?) desejar várias bolas de sorvete, bombons de muitos sabores, vários beijos bem dados, a água batendo sem pressa no corpo, o coração saciado. Um dia a gente cria juízo. Um dia. Não tem que ser agora. Por isso, garçom, por favor, me traga: cinco bolas de sorvete de chocolate, um sofá pra eu ver 10 episódios do 'Law and Order', uma caixa de trufas bem macias e o Richard Gere, nu, embrulhado pra presente. OK? Não necessariamente nessa ordem. Depois a gente vê como é que faz pra consertar o estrago . . ." Danuza Leão

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Fidelity

"And suppose I never ever met you Suppose we never fell in love Suppose I never ever let you kiss me so sweet and so soft Suppose I never ever saw you Suppose we never ever called Suppose I kept on singing love songs just to brake my own fall Just to brake my fall"

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Vem andar comigo

uma letra para se ter mais de um ponto de vista...hehe
"Basta olhar no fundo dos meus olhos pra ver que já não sou como era antes. Tudo que eu preciso é de uma chance...e tudo que nós temos pra viver é muito mais do que sonhamos..."

terça-feira, 14 de julho de 2009

Perseverança

"Dai-me Senhor a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida para um novo avanço." Gabriela Mistral

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Nietzsche

Luiz Gonzaga e O Rappa
"Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessar o rio da vida. . - ninguém, exceto tu, só tu. . Existem, por certo, atalhos sem números, e pontes, e semideuses que se oferecerão para levar-te além do rio; mas isso te custaria a tua própria pessoa; tu te hipotecarias e te perderias. . Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar. . Onde leva? . Não perguntes, segue-o!" .

sexta-feira, 10 de julho de 2009

40 dias 40 noites

Uma sugestão da Ana Mello...Esta cena é perfeita pra uma sexta-feira...demais.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

PENSAR EM VOCÊ

É só pensar em você que muda o dia
.
Minha alegria dá pra ver .
Não dá pra esconder .
Nem quero pensar se é certo querer
.
O que vou lhe dizer:
.
Um beijo seu e eu
.
Vou só pensar em você
.
Se a chuva cai e o sol não sai .
Penso em você
.
Vontade de viver mais
.
E em paz com o mundo
.
E comigo
.
(E consigo)
. Sugestão da querida prof. Cinara ;D !!!BeijãOOO

terça-feira, 7 de julho de 2009

Aprendi

Que a melhor sala de aula do mundo está aos pés de uma pessoa mais velha;
.
. Que quando você está amando dá na vista;
.
. Que ter uma criança adormecida em seus braços é um dos momentos mais pacíficos do mundo.
Eu aprendi que ser gentil é mais importante do que estar certo; Que eu sempre posso rezar por alguém quando não posso ajudá-lo de alguma outra forma. Eu aprendi que não importa quanta seriedade a vida exija de você. Que cada um de nós precisa de um amigo brincalhão para se divertir junto. Eu aprendi que o dinheiro não compra "classe". Eu aprendi que são os pequenos acontecimentos diários que tornam a vida espetacular. Eu aprendi que debaixo da "casca grossa" existe uma pessoa que deseja ser apreciada e amada, e não sabe se manifestar. Eu aprendi que se Deus não fez tudo num só dia, o que me faz pensar que eu possa? Que ignorar os fatos não os altera. Que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas está permitindo que essa pessoa continue a magoar você. Eu aprendi que é o AMOR, e não o TEMPO, que cura todas as feridas. Que a maneira mais fácil para eu crescer como pessoa é me cercar de gente mais inteligente do que eu. Que cada pessoa que a gente conhece deve ser saudada com um sorriso. Que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa. Eu aprendi que a vida é dura, mas eu sou mais ainda. Eu aprendi que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu. Eu aprendi que eu gostaria de ter dito à minha mãe que a amava, uma vez mais, antes dela morrer. Eu aprendi que um sorriso é a maneira mais barata de melhorar sua aparência. Eu aprendi que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito. Eu aprendi que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade, crescimento ocorre quando você está escalando-a. Eu aprendi que só se deve dar conselho em duas ocasiões: quando é pedido ou quando é caso de vida ou morte. Eu aprendi que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.

domingo, 5 de julho de 2009

Definitivo

"Definitivo, como tudo o que é simples. .
. Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. .
.
. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos.
.
. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade. .
. Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar. .
. Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender. .
. Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. .
. Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar. .
.
. Por que sofremos tanto por amor?
. O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável,um tempo feliz. .
.
. Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um verso: Se iludindo menos e vivendo mais!!! A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento,perdemos também a felicidade. .
.
. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional..." . .
Carlos Drummond de Andrade

sábado, 4 de julho de 2009

Clarice Lispector

"A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas."

Valeuuuu

Valeu galera....Nada como aprender e dar muitas risadas!!!

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Saudade

Hoje faz 1 ano e meio que sinto sua falta. Saudade de quem nunca mais verei. E o que eu não faria por um abraço a mais?!
.
.
.
.
.
.
. "Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já... " . . . . . . . . . . .
.
.
.
.
"você encontrou algum lugar melhor, e eu sinto sua falta como os desertos sentem falta da chuva " .
.
.
.
.
neta caçula

segunda-feira, 29 de junho de 2009

a vida vem em ondas como o mar

Tudo que se vê não é Igual ao que a gente viu há um segundo tudo muda o tempo todo no mundo Não adianta fugir Nem mentir pra si mesmo agora Há tanta vida lá fora Aqui dentro sempre Como uma onda no mar

Muitas vezes passamos dias, às vezes até meses remoemos algo, até que de repente - bum! - a coisa passa. "Espanamos a poeira" e nos livramos de emoções chatas que não servem mais.

E este momento, para mim, é agora !!!

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Charles Chaplin

"Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios
Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador
Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos
Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz ."

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Aproveite bem o seu dia

Por Adriano Silva 04/06/2009 – Revista Exame
Aí um dia você toma um avião para Paris, a lazer ou a trabalho, em um vôo da Air France, em que a comida e a bebida têm a obrigação de oferecer a melhor experiência gastronômica de bordo do mundo, e o avião mergulha para a morte no meio do Oceano Atlântico.
Sem que você perceba, ou possa fazer qualquer coisa a respeito, sua vida acabou. Numa bola de fogo ou nos 4 000 metros de água congelante abaixo de você naquele mar sem fim. Você que tinha acabado de conseguir dormir na poltrona ou de colocar os fones de ouvido para assistir ao primeiro filme da noite ou de saborear uma segunda taça de vinho tinto com o cobertorzinho do avião sobre os joelhos. Talvez você tenha tido tempo de ter a consciência do fim, de que tudo terminava ali.
Talvez você nem tenha tido a chance de se dar conta disso. Fim.
Tudo que ia pela sua cabeça desaparece do mundo sem deixar vestígios. Como se jamais tivesse existido. Seus planos de trocar de emprego ou de expandir os negócios. Seu amor imenso pelos filhos e sua tremenda incapacidade de expressar esse amor. Seu medo da velhice, suas preocupações em relação à aposentadoria. Sua insegurança em relação ao seu real talento, às chances de sobrevivência de suas competências nesse mundo que troca de regras a cada seis meses. Seu receio de que sua mulher, de cuja afeição você depende mais do que imagina, um dia lhe deixe. Ou pior: que permaneça com você infeliz, tendo deixado de amá-lo.
Seus sonhos de trocar de casa, sua torcida para que seu time faça uma boa temporada. Suas noites de insônia, essa sinusite que você está desenvolvendo, suas saudades do cigarro. Os planos de voltar à academia, a grande contabilidade (nem sempre com saldo positivo) dos amores e dos ódios que você angariou e destilou pela vida, as dezenas de pequenos problemas cotidianos que você tinha anotado na agenda para resolver assim que tivesse tempo. Bastou um segundo para que tudo isso fosse desligado. Para que todo esse universo pessoal que tantas vezes lhe pesou toneladas tenha se apagado.
Como uma lâmpada que acaba e não volta a acender mais. Fim.

Então, aproveite bem o seu dia. Extraia dele todos os bons sentimentos possíveis. Não deixe nada para depois. Diga o que tem para dizer. Demonstre. Seja você mesmo. Não guarde lixo dentro de casa. Nem jogue seu lixo no ambiente. Não cultive amarguras e sofrimentos. Prefira o sorriso. Dê risada de tudo, de si mesmo. Não adie alegrias nem contentamentos nem sabores bons. Seja feliz. Hoje. Amanhã é uma ilusão. Ontem é uma lembrança. Só existe o hoje

terça-feira, 23 de junho de 2009

Hoje

Como nada acontece por acaso. Lá vai ( mais uma vez) a frase que me acompanha tds os dias. xD "Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer: - E daí? EU ADORO VOAR!" Clarice Lispector

" A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos... TUDO BEM! O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum... é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos."

Chico Xavier

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Deixe a Sua Luz Própria Brilhar

Parte de um livro da Debbie Ford que a Zen mandou :].Neste capítulo ela fala sobre amor próprio auto-estima. "Quando eu estava num centro de desintoxicação de drogas, uma mulher foi até dar uma palestra para um de nossos grupos. Ela começou nos contando que havia se formado na faculdade entre os primeiros da classe. Estava casada há 13 anos e tinha um relacionamento espetacular com o marido. Era uma mãezona e uma excelente comunicadora. Como ela continuava a falar das coisas que sabia fazer bem, eu pensei: “Que chata convencida! Quem ela pensa que é? Por que eu tenho de ouvi-la?” E então ela parou, olhou bem no fundo dos olhos de cada um de nós e disse: “Vim até aqui para falar a vocês sobre amar a si mesmo. Sobre a importância de vocês conheceram todas as suas boas qualidades e serem capazes de compartilhá-las com as pessoas”. Ela explicou que, para amar a nós mesmos, temos de estar dispostos a deixar nossa luz própria brilhar com toda a intensidade. Temos de agradecer a nós mesmos, todos os dias, por tudo de bom que fizemos. Devemos inventariar nossa vida e aplaudir nossas realizações. E, ao permitir que nossa luz própria brilhe, estaremos mostrando aos outros que seria bom para eles brilhar também. Naquela tarde, aprendi uma das mais valiosas lições da minha vida: não só está certo dizer coisas boas a respeito de si mesmo como é imperativo que se faça isso. Precisamos reconhecer nossos dons e nossos talentos. Devemos aprender a apreciar e honrar tudo aquilo que fazemos bem. Temos que encontrar nossa excepcionalidade. Muitas pessoas não são capazes de se apropriar do seu sucesso, da sua felicidade, da sua saúde, da sua beleza e da sua própria divindade. Espere um momento para acalmar sua mente. Respire profundamente diversas vezes e, bem devagar, leia a lista a seguir. Depois de olhar as palavras, diga a si mesmo: “Eu sou_______”, para todas. Por exemplo: Eu sou saudável; Eu sou bonito; Eu sou brilhante; Eu sou talentoso; Eu sou rico. Escreva num papel todas as palavras que não o deixam à vontade. Inclua aquelas que representam coisas que você admira em outra pessoa mas e não incorpora a você mesmo. Satisfeito, seguro, amado, inspirador, sensual, radiante, delicioso, arrebatado, animado, alegre, sexy, magnânimo, vivo, realizado, vigoroso, ousado, flexível, responsável, disciplinado, feliz, bonito, desejável, bem-aventurado, entusiasta, corajoso, precioso, afortunado, maduro, artístico, vulnerável, consciencioso. Você tem todas essas qualidades. Tudo o que tem a fazer para manifestá-las é revelá-las, apropriar-se delas e incorporar cada uma. Se conseguir perceber em que ponto da vida manifestou uma determinada característica, ou em que situações consegue se imaginar expressando-a, você conseguirá se apropriar dela. Você precisa estar disposto a dizer: “Eu sou isso”. O próximo passo é encontrar o benefício correspondente a essa característica. Talvez seja particularmente difícil incorporar certos traços que contradizem a realidade externa. É difícil incorporar a palavra “rico” se a pessoa estiver desempregada ou com dívidas. Em casos como esse, é importante ser capaz de imaginar circunstâncias em que você pode ficar rico, como um novo emprego ou uma nova carreira. Caso você não consiga incorporar uma determinada palavra, é improvável que chegue a provar a experiência. Se você for solteiro e quiser se casar, terá de incorporar seu aspecto casado. Cada um de nós resiste a coisas diferentes. Algumas delas apresentarão inúmeras evidências para apoiar a sua convicção de que elas não pertencem a você, mas todas as pessoas podem descobrir essas características em si mesmas, quando procuram com empenho. O ato de repetir uma palavra inúmeras vezes tem a capacidade de desencadear uma variedade de respostas. Você pode sentir raiva, resignação, medo, vergonha, culpa alegria, excitação ou um sem-número de emoções. Não existe uma forma correta e exclusiva de sentir, mas o importante é conservar o sentimento. Não importa como você se sinta, não fuja, porque, ao se comprometer com o processo de recuperar os aspectos rejeitados, você está dizendo ao Universo que está pronto para ser inteiro. Apropriar-se de um traço positivo que você rejeitou antes é assustador, pois isso exige que você deixe para trás todas as histórias e desculpas. Você tem de abandonar todos os motivos que aparentemente justificavam o fato de você não ter alcançado tudo o que desejou na vida. Quando você não reconhece todo o seu potencial, você não permite ao Universo que ele lhe dê seus talentos divinos. Ou você escolhe abrir o coração e incorporar todo o seu ser, ou continua a viver com a ilusão de quem você é hoje. E o perdão é o passo mais importante na trilha do amor-próprio. Devemos nos ver com a inocência das crianças e aceitar nossas falhas e dúvidas com amor e compaixão. Precisamos deixar de lado os julgamentos severos e entrar em acordo com os erros que cometemos. Temos de saber que somos dignos de perdão e que esse dom divino nos ensina que errar faz parte do ser humano. O perdão vem do coração, não do ego, e é uma escolha. A qualquer momento, podemos renunciar aos nossos ressentimentos e juízos e perdoar a nós e aos outros. Procure à sua volta a raiva armazenada. Se você está com medo de descobrir o seu ódio, lembre-se de que a sua energia está enterrada junto com ele. A raiva só é um sentimento negativo quando é reprimida ou quando se lida com ela de forma errada. Se você tiver piedade de si mesmo, conseguirá facilmente deixar que todos os seus aspectos, seu amor e sua raiva, coexistam em você. A verdade é que a recuperação que você procura nos seus relacionamentos não virá de outras pessoas; tem que partir, em primeiro lugar, de você. Virá da comunhão entre todas as qualidades que vivem em você. A desesperança nasce do abismo entre Deus e o ser. Ao lembrar que formamos uma unidade com todos, reanimamos Deus dentro de nós. Ouça sua voz interior. Escute o que esse ser dentro de você quer e necessita. Talvez ele precise ouvir: “Eu o amo, eu aceito você”, ou: “Eu valorizo você”. O fundamental é se respeitar, enviando a você mesmo a mensagem de que você é importante. Honre e respire o seu talento. Ao se honrar e se respeitar, você será capaz de fazer a mesma coisa com os outros, atraindo pessoas que pensam como você e situações positivas. Quando comecei meu processo de recuperação, fiz uma lista de todas as coisas que eu podia fazer para mim mesma. É importante distinguir entre o que é bom para o respeito próprio e o que faz bem para a alma. Eu acabara de romper um relacionamento e estava me sentindo muito só. Em vez de mergulhar na tristeza, decidi levar adiante meu projeto de me apaixonar por mim mesma. Em vez de ficar esperando encontrar alguém para ter um romance, eu me namorava – e isso dava certo. Todos os dias, eu aprendia mais sobre como acalentar minha alma. Faça para si mesmo o que você gostaria que outra pessoa fizesse. Se gostar de flores, compre flores para você. Ponha uma música suave e acenda velas. Torne-se importante para você mesmo. O mundo reflete a sua imagem para você. Se você amar, acalentar e apreciar o seu ser internamente, isso transparecerá na sua vida exterior. Se desejar mais amor, dê-se mais amor."

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Embarques

'A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê, já são seis horas! Quando se vê, já é sexta-feira... Quando se vê, já terminou o ano... Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida. Quando se vê, já passaram-se 50 anos! Agora é tarde demais para ser reprovado. Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas. Desta forma, eu digo: Não deixe de fazer algo que gosta, devido à falta de tempo, pois a única falta que terá será desse tempo que, infelizmente, não voltará mais.' Mário Quintana

domingo, 14 de junho de 2009

Atalhos

"Quanto tempo a gente perde na vida?
Sim, depois de nascer, a gente demora pra falar, demora pra caminhar, etc.
Se somarmos todos os minutos jogados fora, perdemos anos inteiros.
E aí, mais tarde, demora pra entender certas coisas.
E levamos um século para aceitar o fim de uma relação. E outro século para abrir a guarda para um novo amor.
Demora, também, pra dar o braço a torcer.
Viramos adolescentes (aborrecentes) teimosos e dramáticos. e demoramos para tomar uma decisão.
Quando, já adultos, demoramos para perdoar um amigo, demoramos para dizer a alguém o que sentimos,
E só aí a gente descobre que o nosso tempo não pode continuar sendo desperdiçado.
Até que um dia a gente faz aniversário. 37 ou 41 anos. Talvez 50 e tal....
Uma idade qualquer que esteja no meio do trajeto.
Fazendo uma analogia com o futebol, é como se a gente estivesse com o jogo empatado, no segundo tempo, e ainda se desse ao luxo de atrasar a bola pro goleiro. Ou fazer tabelas desnecessárias.
Quanto esbanjamento.
Pois tudo o que a gente quer, depois de uma certa idade, é ir direto ao assunto.
E esquecemos que não falta muito pro jogo acabar...
Sim, é preciso encontrar logo o caminho do gol.
Sem muita frescura, sem muito desgaste, sem muito discurso.
E isso a gente só alcança com alguma vivência e maturidade.
Excetuando-se no sexo, onde a rapidez não é louvada, pra todo o resto é melhor atalhar.
Pessoas experientes já não cozinham em fogo brando.
Não esperam sentadas, não ficam dando voltas e voltas.
E não necessitam percorrer todos os estágios.
Não desperdiçam mais nada.
Queimam etapas.
A resposta do emprego ainda não veio? Procure outro enquanto espera.
Uma pessoa é sempre bruta com você?
Não é obrigatório conviver com ela.
O cara está enrolando muito?
Beije-o primeiro e veja se ele, realmente, interessa e transmite algum sentimento.
Paciência para aquilo que vale nossa dedicação.
Paciência só para o que importa de verdade.
Paciência para ver a tarde cair.
Paciência para degustar um cálice de vinho.
Paciência para a música e para os livros.
Paciência para escutar um amigo.
O maior possível!
Pra enrolação, um atalho."
Martha Medeiros

sábado, 13 de junho de 2009

Era uma vez...

Era uma vez... numa terra muito distante...uma princesa linda, independente e cheia de auto-estima.
Ela se deparou com uma rã enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo era relaxante e ecológico...
Então, a rã pulou para o seu colo e disse: linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformei-me nesta rã asquerosa.
Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo.
A tua mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavar as minhas roupas, criar os nossos filhos e seríamos felizes para sempre...
Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria, pensando consigo mesma:
- Eu, hein?... nem morta!
Luiz Fernando Veríssimo

sexta-feira, 12 de junho de 2009

"A maior covardia de um homem é despertar o amor de uma mulher sem ter a intenção de amá-la."
Bob Marley